quinta-feira, dezembro 24, 2009

Mensagem de Natal.

Amigos de email, que fiz este ano e os já conhecidos também. Deve estar um loucura a sua vida, correndo para comprar presente, planejando viagem, ceia e tudo mais. Cara ou Mina, lembre-se que, na hora da virada sua maquiagem vai estar borrada, a roupa que tu comprou, cara, já vai estar velha, afinal você comprou o ano passado, quer mais velho que isso? Na viagem, alguma coisa vai dar errado e, na ceia, alguma coisa vai te fazer mal. Porém, se tudo isso for passado com a família, você vai estar entre gente conhecida, que te respeita, te cuida e de certa forma o ama, ou, atura. Vá ficar perto de quem irá, de verdade, lhe conceder aquele abraço verdadeiro. Não vou dizer que o menino Jesus vai nascer hoje, primeiro que nem sei se ele nasceu algum dia, segundo, ele é o que para nascer todo ano? Acho um exagero, todo fim de ano, o coitado nasce, todo ano é pregado na cruz, imagine-se, passando a eternidade assim, vivendo a mesma vida. Que baita chatice “bíblica” seria, não é? Vamos deixar o pobre Jesus em paz e, cuidar da nossa vida. Isso serve para o Jesus da Madona também. Em suma, prepara-se, para o que você, quer que nasça ou renasça dentro de ti, neste ano de 2010. Que essa nova fase seja recheada de sucesso, medos, desilusões, alegrias, amor, companheirismo e, tudo o mais que a vida nos oferece! Não vou desejar á você paz, prosperidade, blá... blá... blá... blá e blá Muitas pessoas fizeram isso, o mundo esta muito copião, vamos inventar coisa nova! Por isso, vou apenas desejar que você, simplesmente, viva! Viva intensamente para você, como diz aquela propaganda de tintura de cabelo: “PORQUE VOCÊ VALE MUITO.” Mas se morrer, que descanse em paz. São os sinceros votos de mim mesmo.

domingo, dezembro 20, 2009

Futebol e política, uma relação histórica de “circo e circo”.

O deputado Silvio Torres (PSDB-SP) é autor da proposta de uma rede de Fiscalização e Controle da Copa de 2014 que, foi lançado nesta tarde de terça-feira (15), na Câmara dos Deputados. Foi criado um portal que permite aos internautas acompanharem os gastos públicos com a preparação do evento. O portal tem a participação das Comissões de Fiscalização e Controle do Senado e da Câmara, além de representantes dos Tribunais de Contas da União e dos estados e cidades-sede da Copa de 2014. O site é www.senado.gov.br/fiscaliza2014. No portal será possível obter informações referentes às obras em execução, aos processos licitatórios e aos fornecedores e prestadores de serviço contratados. O objetivo é oferecer transparência à sociedade e contribuir para que os recursos sejam aplicados adequadamente. Fonte: site Agência Senado. Alguma semelhança com algum outro portal? O portal da transparência. Ele foi instituído com os mesmos atributos do portal 2014, acima, porém, não serviu para impedir, mesmo assim, ao governador do DF de colocar dinheiro na meia, de prometer esta semana pagar todos os funcionários antecipado ao natal e, com isso obter maior acesso aos tributos que, nós pagamos e a não renunciar o cargo, ou, ser julgado como cidadão comum. Não posso negar que, é uma jogada boa, o povo gosta de “pão e circo”, isso desde o coliseu Romano. Como para nós, hoje, esta mais acessível ao pão, queremos “circo e circo”. Acredito que é isso que, nossos governantes entendem, quando os estudantes de Brasília invadem a esplanada, reivindicando melhorias e maior punição para a corrupção. Seria, uma verdadeira calamidade pública, se o dinheiro para as obras da Copa fosse desviado. Não o é, se for desviado da educação, da saúde, do meio ambiente, ou, utilizado como desculpa para comprar Panettones aos pobres, seria o pão? Pergunta eterna de um ouvido sem resposta: Se eu apedrejar um político ladrão, com uma estatueta de ferro, vou ser ovacionado, ou, julgado com todos os rigores da lei que, não se aplicam ao político corrupto? Já sei, o que irá fazer o corrupto, se eu acertar uma estatueta nele. Ele vai chorar como chorou uma vez

Era uma vez...

Era uma vez, uma formiguinha e uma cigarra, que eram amigas. Durante todo o outono, a formiguinha trabalhou sem parar, armazenando comida para o período de inverno. Não aproveitou nada do sol, da brisa suave do fim da tarde e nem o bate-papo com os amigos ao final do trabalho tomando uma cervejinha gelada. Seu nome era 'Trabalho', e seu sobrenome era 'Sempre'. Enquanto isso, a cigarra só queria saber de cantar nas rodas de amigos e nos bares da cidade; não desperdiçou nem um minuto sequer. Cantou durante todo o outono, dançou, aproveitou o sol, curtiu prá valer sem mostrar preocupação com o inverno que estava por vir. Então, passados alguns dias, começou a esfriar. Era o inverno que estava começando. O inverno chegou. A formiguinha, exausta de tanto trabalhar, entrou para a sua singela e aconchegante toca, repleta de comida. Alguém chamava por seu nome, do lado de fora da toca. Quando abriu a porta para ver quem era, ficou surpresa com o que viu. SUA AMIGA CIGARRA DENTRO DE UMA FERRARI COM UM ACONCHEGANTE CASACO DE VISON. E a cigarra disse para a formiguinha: - Olá, amiga, vou passar o inverno em Paris. Será que você poderia cuidar da minha toca? A formiguinha respondeu: - Claro, sem problemas! Mas o que lhe aconteceu? Como você conseguiu dinheiro para ir à Paris e comprar esta Ferrari? E a cigarra respondeu: - Imagine você que eu estava cantando em um bar na semana passada e um produtor gostou da minha voz. Fechei um contrato de seis meses para fazer show em Paris... À propósito, a amiga deseja alguma coisa de lá? - Desejo sim, respondeu a formiguinha. Se você encontrar o La Fontaine (Autor da Fábula Original) por lá, manda ele ir para a Puta Que O Pariu !!! Moral da História: Aproveite sua vida, saiba dosar trabalho e lazer, pois trabalho em demasia só traz benefício em fábulas do La Fontaine e ao seu patrão. Trabalhe, mas curta a sua vida. Ela é única! Enviado á mim, pela amiga cigarra, Joyce Ella.

quinta-feira, dezembro 17, 2009

Coisas que aprendi na vida.

Há momentos, que pensamos em fatos e aprendizados que, só utilizamos quando precisamos utilizar. Por isso, deixei de lado meu racional, escrevi a tentando não pensar, coisas que aprendi algum dia na minha vida. Geodésia - é o estudo da forma da terra e suas complexidades. Você sabe que, a terra não é uma circunferência perfeita, não sabe? Em 2000, foi decidido pela “Cúpula do Milênio”, 08 objetivos á ser alcançado até 2015, que são: *1* Promover uma parceria mundial com o desenvolvimento das Nações. *2* Eliminar a pobreza mundial. *3* Reduzir a mortalidade mundial. *4* Combater a AIDS. *5* Alcançar o ensino primário Universal. *6* Promover a igualdade de Gêneros. *7* Melhorar a saúde materna. *8* Assegurar a sustentabilidade ambiental. Para ganhar tempo, em minhas leituras, sempre que for ao banheiro evacuar, levar um livro. Melhor que, ficar olhando para as paredes. O verão inicia dia 21 de Dezembro. Para o jogo da mega-sena, tem de escolher 06 números. Alternar o relógio de braço, isto estimula o cérebro á não condicionar-se e, não atrofiar. Ler um livro, de cabeça para baixo, auxilia na memorização das palavras. Vire o livro, de cabeça para baixo, não você, ok? Andar, colocando um pé na frente do outro. Meu nome escreve-se com “B” mudo.

terça-feira, dezembro 15, 2009

O tio Copenhague.

A visão futurista, apresentada pela COP 15, em que, as grandes nações poluem menos, as nações pobres não são subjugadas e, tem uma participação ativa e coerciva as decisões dos conflitos mundiais. Mas a conferencia do século caminha para uma resolução pueril que, nos recorda Kyoto. Vamos analisar a situação em Copenhague: 120 lideres mundiais, reunidos todos em um só lugar, tendo os EUA em um “postura autoritária”, mesmo na figura de Obama, em não reduzir os seus poluentes. Pergunto: todos os lideres, em um só buraco. Onde esta o Bin Laden, para fazer o serviço dele? Brincadeira. Os países pobres, liderados pelos países africanos, abandonaram as negociações em blocos e, buscaram no individualismo, demonstrar que é preciso olhar a fundo em cada foco de problema. È uma das formas de protesto, contra os países desenvolvidos, por não adotarem compromissos de redução de emissões de poluentes. Este é um dos protestos que o “Tio Copenhague” esta presenciando, outro tipo de protesto que ocorre todos os dias, diante do COP 15 ou ao redor do mundo, as ONGS, que cada vez mais vem mostrando sua verdadeira importância, em esclarecer, instruir a sociedade e demonstrar como devemos lutar pelos ideais que acreditamos. Não devemos incluir o Greenpeace, são extremistas, isso não é lutar por um ideal, é ser “terrorista verde”. Um dos senadores que, mereceu estar na conferencia foi o senador José Nery (PSOL-PA), ele fez algumas declarações sobre a conferência: “(...) até o momento o cenário é de indecisão e a tendência, é que o encontro caminhe para um final melancólico, terminando em fracasso. Não se pode perder a esperança de um acordo em Copenhague ou pós-Copenhague, tendo em vista o interesse despertado pela conferência e a ampla participação da sociedade civil (...)” Fonte: site Agência Senado. Nesse encontro, devemos acreditar que, será traçado algum plano para enfrentarmos as mudanças climáticas, mesmo que alguns países desenvolvidos ainda não tenham proposta concreta para reduzir os gases de efeito estufa, não vou dizer que é os EUA, eles nunca fazem nada de errado. Uma das metas primordiais do Protocolo de Kyoto é reduzir em aproximadamente 5,2% os gases do efeito estufa na atmosfera até 2012 e também criar formas de desenvolvimento sustentável para preservar o meio ambiente. Pergunta eterna de um ouvido sem resposta: Conseguimos alguma coisa com o pequeno “Kyotinho”? Vamos conseguir alguma coisa com o tio Copenhague? Respostas não tenho, mas não vamos perder a esperança e, como diria Obama “yes we can."

quarta-feira, dezembro 09, 2009

Eu sofri por ser traído. Li esta frase no muro e, refleti.

A traição, nada mais é, do que a pessoa que esta ao seu lado, independente de ser relacionamento amoroso, o trocar por algo. Eu particularmente já fui trocado, me substituíram por barra de cereal, por bolsa, sapato, cocaína, maconha, bebida, dinheiro, por raça, por sexo e outras coisas, que não chegaram até o meu conhecimento. Mas o contrario da pura traição, é o sofrer por traição de amor. Eu já sofri, só por amor, também já sofri, só por traição e pelos dois juntos. Sofri por pensar ser corno, e não ter certeza. Sofri por verdadeiramente ser. Foi uma dor terrível, saber que foi trocado, não é bom. Mesmo não amando quem o traiu, ainda sim a dor vem, sua cabeça pesa, quer desaparecer, quer vingança, quer esquecer. Não consegue e, até hoje, você lembra aqueles momentos de dor. Quando aconteceu a primeira vez, fui à forra e dei o troco, troquei a pessoa por outra e, não senti que foi bom. Porém, compreendi que não amava. Olhando o desenvolver do ser humano, suas correlações sociais, compreendo o quanto era patriarcal. Acreditava que a traição, em especial amorosa, nunca deveria ser perdoada e, em caso estremo vingada com a morte. Hoje tenho a compreensão, nem sempre quem trai, é para sacanear seu companheiro (a). Pode ser doente, um trauma, por medo de ser abandonado (a) a qualquer momento, um vicio uma ambição, ou, simplesmente porque o desejo sexual é transbordante. Enfim, no nosso século, o XXI, um grande questionamento se faz. Com a latente troca de valores, em que pessoas são comparadas a números e, selecionadas pelas qualidades monetárias, rotulados de compatibilidade financeira para um de relacionamento amoroso. Pergunta eterna de um ouvido sem resposta: E o companheirismo? È a ele que se deve uma união, por ele que pensamos se devemos ou não, continuar em um relacionamento e, é a ele que devem curvar os traidores, muitas das vezes é por ele que o traído perdoa. Hoje não tenho um relacionamento, tenho uma pessoa que é minha companheira. Já fui trocado pelo meu amor, fui traído, pelos seus simples desejos, que não competia a mim, julgar se merecia ou não compartilhar. Já passei noites em claro, por trocas mesquinhas, que só levaram a uma bate boca no outro dia.Hoje as trocas são dádivas, se o meu amor, esta me traindo, é porque naquele momento não pensa em mim. Isso dá um descanso para o meu espírito e, me deixa em uma solidão passageira. È o momento de sentir a falta, correr para os seus abraços traidores. Os meus abraços, também são abraços traidores.

terça-feira, dezembro 08, 2009

Gotham City Tupiniquim, contra o coringa Morazildo Cavalcante.

Confesso que relutei muito, a impregnar esta tribuna, com a sujeira política que se instalou em meu país. Nós brasileiros, não “acreditamos” nas instituições por causa da corrupção, isso é um fato, que não pode ser negado. Suportamos, fazemos vista grossa, somos fracos para lutar contra e não temos instrução adequada para lutar contra. Fui até o site do senado e, na agência senado, li sobre as denúncias e os flagrantes da semana anterior. Sabe do que estou falando, não é? Dinheiro na meia, no bolso e em outros orifícios, não filmados, pela câmera escondida. Pois bem, o digníssimo senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR), primeiramente fez a paliativa demagogia de sempre, dizendo que isso é errado que, a mídia fez o certo em denunciar, que o povo tem de se unir contra a corrupção e, mais fatos que sabemos que é o certo, mas eu não faço e, aqueles que fazem, têm pouco apoio. Segundamente, surgiu vestido moralmente de coringa maquiavélico, tirou sua cartada da morte, reproduzo conforme esta no site: “O senador citou análise técnica feita pela Consultoria Legislativa do Senado, a seu pedido. De acordo com o estudo, 89% dos consultados consideraram a venda do voto uma prática corrupta. No entanto, 10% deles admitiram já terem vendido seu voto em troca de benefícios financeiros ou favores. A pesquisa mostrou também que 97% disseram considerar errado falsificar documentos, mas 3% declararam já ter realizado o ilícito. Entre outros pontos, verificou-se que 9% dos entrevistados já comprou diploma de instituição educacional, 31% colou em provas escolares e de concursos, 23% ultrapassaram o sinal vermelho, 5% apresentaram declarações falsas no Imposto de Renda, 27% capturaram músicas na internet e 61% já compraram produtos piratas. Os partidos políticos, observou, não aparecem na avaliação.” Então, senador Pedro Simon, vai lavar as mãos, como o Mão Santa? Conclusão minha, estritamente minha: Em outras palavras, o senador Mozarildo nos revelou que, nós não podemos reivindicar a punição do cidadão corrupto que, nego-me, a colocar o sujo nome dele em MEU blog, o “EVANGÉLICO” do dinheiro na meia. Conclusão: ele tentou justificar, que fazem, na política, como nós. Que também somos corruptos, em proporções menores, eles parecem ser mais corruptos, por estarem em proporções monetárias maiores. Entre tantos coringas maquiavélicos do senado, entre tantos duas caras, tantas mulheres gato, eu me pergunto: Quando, surgira um Batman para nos salvar? O último Robin Wood, surgido do povo, sem dedo e sem instrução, deixou a desejar. Não queremos mais, os contos de fadas Ingleses. Queremos o heroísmo norte americano, mas sem máscara e capa! O que será de nós, Gotham city tupiniquim? Vamos fugir para Copenhague?

COPENHAGUE e, os curiosos do ministério público brasileiro.

A 15ª Conferência das Partes (COP-15) da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças do Clima é considerada o encontro mais importante do mundo desde o final da Segunda Guerra Mundial {disseram a mesma coisa, do encontro que gerou o tratado de Kyoto}. Nele, os governos tentarão chegar a um acordo sobre o que precisa ser feito em relação ao clima do planeta, que está mudando rapidamente. Líderes de todo o mundo estão a partir de hoje diante de uma oportunidade única em Copenhague (Dinamarca), para atuar em prol de um acordo internacional justo sobre o clima, no intuito de ajudar a salvar o planeta de uma ameaça devastadora, o aquecimento global, gerado por nós mesmos, sem um pingo de consciência. Revolução industrial, essa é a grande culpada? Quem teve essa maldita idéia de construir fabrica? O Brasil levará a Copenhague uma das maiores delegações da Conferência, incluindo os negociadores do Itamaraty Ministério de Ciência e Tecnologia, Ministério do Meio Ambiente, além de observadores (curiosos) de vários outros ministérios (tradução: Quem finge preocupar-se com o meio ambiente, porque esta em voga (sem ofensas, Dilminha) e, alguns que não tem o que fazer com o dinheiro público. Vão gastar em Copenhague, isso é Luxo!), de governos estaduais, municipais, empresas, organizações não governamentais e movimentos sociais (estas sim. Deveriam ir com o dinheiro publico). Entre os primeiros senadores que participarão da conferência em Copenhague estão Marina Silva (PV-AC), ex-ministra do Meio Ambiente, e José Nery (PSOL-PA). Outros senadores devem comparecer a partir do dia 14, como Cristovam Buarque (PDT-DF), Fátima Cleide (PT-RO), Jefferson Praia (PDT-AM), Tião Viana (PT-AC) e Aloizio Mercadante (PT-SP). Pergunta eterna de um ouvido sem resposta: O QUE O MERCADANTE VAI FAZER EM COPENHAGUE, pelo amor de Deus? ALGUÉM PODE ME RESPONDER? Não tem nada para fazer em casa? Que tal tirar as serras das mãos dos madeireiros da Amazônia? Quer mais leve? Cata latinha na Lapa carioca. Quer mais artístico Mercadante? Vai pintar os viadutos de São Paulo. Olha, quanta coisa você pode fazer pelo meio ambiente, sem precisar ir a Copenhague. Deixa para a Marina, ela sabe o que fazer. A verdadeira candidata, para PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL, não precisa de você! O senhor Lula precisa da sua ajuda, ou será que, já é a Dilma? Fica, não vai! Fi-ca tãnãnã... Fi-ca tãnãnã... Fi-ca tãnãnã...

quinta-feira, dezembro 03, 2009

Pedofilia, religião e eu.

Muito me preocupa, a situação do Brasil em relação à política econômica mundial, mas o que me espanta, é a “política – suja” do nosso governo. Não vou relatar os fatos ocorridos nos últimos dias. Dinheiro, rolando solto, pelas vestimentas de “servos de Deus”. Desculpe, é minha opinião, mas em evangélicos não confio, desde Lutero com seu vandalismo religioso; neste momento, observo o que nossa “política – imunda”, tem feito de bom. A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) aprovou nesta quarta-feira (02/Dez), o projeto da senadora Marisa Serrano que, define a qualquer cidadão previamente cadastrado ter livre acesso a banco de dados de condenados em sentenças definitivas por crimes de pedofilia. O usuário cadastrado poderá usar um código postal ou uma área geográfica para identificar possíveis pedófilos residindo no raio indicado. Como observa a senadora, o cadastro de usuários será também proveitoso para que o Estado, em caso de violência contra o pedófilo, possa ter conhecimento das pessoas que acessaram seu perfil, o que poderá ser útil ao início de possível investigação criminal. Fonte Agência Senado. Isso é preocupante e, chocante, algo que até um tempo se restringia a estrangeiros e, uma classe efêmera na sociedade, hoje esta no nosso convívio e cresce a cada dia. A Pedofilia. Não está errado o cadastro, serei um dos que irá averiguar todos os dias, se houver um doente próximo da minha residência e, próximo das crianças do meu bairro, estarei de olho. Podem alegar invasão de privacidade, podem dizer que estão arrependidos e querem se reintegrar a sociedade. Não importa! O acesso aos dados é justificável como ação de defesa, já que a pedofilia é um transtorno psiquiátrico que não desaparece com a simples repressão penal, isso permitirá aos pais e sociedade saber da existência de pedófilos que tenham cumprido pena residindo próximo à residência ou à escola de seus filhos. Não posso aceitar que um doente fique sem vigilância constante, se precisa de tratamento que o estado dê, se o estado sozinho não for suficiente; eu e a sociedade faremos nossa parte, e se preciso for, daremos um tratamento de choque. Cuidado com suas crianças em igrejas, parques, ciber cafés e centros de recreação. Mas, em especial, as igrejas evangélicas, existem pessoas de caráter duvidoso, suas corrupções revelam isso! Quero ressaltar que não tenho religião, mas tenho inteligência e observação. Durante muito tempo os protestantes, acusaram a igreja católica de crimes contra a humanidade e de corrupção, o que nos leva a crer, ao observar os dias de hoje, era inveja! Hoje fazem o mesmo, só não queimam os macumbeiros nas fogueiras, porque os direitos humanos viriam intervir, mas se pudessem o fariam. O ser humano em si, nos dias de hoje, não gera confiança. Dou graças a Deus, da minha forma, por ter o um relacionamento, que posso confiar e acreditar na pessoa que esta ao meu lado, mas se vacilar, eu temo!

terça-feira, dezembro 01, 2009

Quem tem um dicionário?

(...) Luiz Fux afirmou que a comissão pretende criar um novo paradigma, inserir novas figuras no Código, afastar institutos não utilizados, tornar mais concentrados os atos do juiz. O ministro anunciou que, concluído o anteprojeto, a comissão submeterá o texto ao controle prévio de constitucionalidade do Supremo Tribunal Federal (STF). (...) Texto extraído da matéria “Conciliação pode se tornar obrigatória no Código de Processo Civil”, texto assinado por Rita Nardelli da Agência Senado. Pergunto, se o texto é para instrução da população, grande parte não conhece alguns termos e, não esta familiarizada com o vocabulário jurídico. Então, porque o texto não pode ser mais claro? Mais simples, para que toda a população possa saber o que esta, verdadeiramente dizendo o texto. Será que o intuito é esse? Não deixar as pessoas que, não conhecem os termos jurídicos, não saberem o que verdadeiramente quer dizer o texto? Quem irá traduzir o texto da Rita para mim?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...